Durante a sua passagem pela cidade de Las Vegas - Nevada (EUA), a artista Verônica Vaz se depara com um universo ilusionista, onde tudo (ou quase tudo) é permitido, e conhecido por ser o “parque de diversões dos adultos”. 

 

Ao observar como se dá a relação de consumo das pessoas na cidade, algumas coisas lhe chamaram a atenção como: a quantidade de fast foods, os cassinos temáticos, os hotéis de luxuosos, as réplicas de famosos monumentos, as grandes marcas de luxo, os letreiros luminosos, os drinks e bares em cada esquina, os jogos de sorte ou azar, e a velocidade que os casamentos acontecem.

 

Os hotéis-cassino atraem mais de 38 milhões de turistas por ano para Las Vegas, a cidade é movida pelo dinheiro. Diante desse cenário, Verônica decide realizar uma performance, com um vestido de noiva - que foi alugado numa das mais famosas capelas “A Little White Chapel”, e vivenciar o que a cidade lhe propõe. 

 

Os trabalhos da artista evocam uma carga feminista bastante pertinente, e se caracterizam por sua caraterística contextual em que surgem. Além disso está presente o questionamento do lugar da mulher na sociedade, os papéis por ela desempenhados, os padrões de beleza e comportamento esperados. Em uma crítica à mercadorização do casamento, na era em que se vende felicidade através da imagem, e uma possível desconstrução da aura de noiva se tornam relevantes nesse trabalho.  

 

Porque nesse parque de diversões, as luzes nunca se apagam. 

E as roletas giram o tempo todo.  

 

Welcome to Fabulous Las Vegas!

The city of entertainment

Livro de artista

2018

 © Portfólio 2019 

 
VERÔNICA
VAZ